"Lembranças" do Passado

Ir em baixo

"Lembranças" do Passado

Mensagem por Chelsea Monique em Qua Out 05, 2016 9:38 am

Seus pais até o presente momento nunca a entenderam, deve ser por isso que Maitê é frustada, afinal, adolescentes nunca tem razão.
Nunca foi realmente sincera com seus pais e isso a deixava mal, afinal viver uma vida de mentiras não é pra qualquer um. O ano não estava indo muito bem. Notas baixas e conflitos escolares eram frequentes, e sem apoio as coisas só ficavam piores.
A escola em que estudava era boa,mas isso não significava que as pessoas que estavam lá eram.Constantes ameaças,humilhações a prendiam naquele lugar, e se ela não fizesse o que era dito a verdade seria revelada. Foi em um dias desses que Maitê se cansou de tudo e de todos e resolveu dar um basta em tudo isso. Esperou sua mãe voltar para casa, e depois da janta resolveu contar. Por mais estranho que fosse, era ela quem estava contando e não outra pessoa, por mais encrencada que esteja, a confiança de sua mãe era primordial. Chamou-a e pediu para se sentar:
-O que foi filha? Tirou alguma nota baixa? - Indagou sua mãe com voz tênue.
- Não mãe ... eu preciso te contar algo. - Sussurrou Maitê já vermelha de vergonha.
- Tudo bem filha, pode contar - Disse sua mãe com um olhar atento.
- Então mãe... Eu sei que a senhora pode não compreender. Mas há algo que preciso lhe contar e eu sei que não será fácil de aceitar, afinal, nem pra mim foi. Mas eu preciso te contar, já você é minha mãe - Falou fortemente olhando nos olhos de sua mãe. - Mãe eu sou gay.
As pálpebras de Paula dilataram como nunca antes, e assim pairou o silêncio. Paula levantou olhando fixamente para a filha e não podia acreditar no que ela ouvira.
"Como assim uma filha homossexual? O que os outros iriam dizer?" - Pensou Paula.
Maitê se desequilibrou depois do empurrão que sua mãe a deu.
-SAIA DA MINHA FRENTE!! - Gritou Paula, furiosa.
Foi assim que Maitê percebeu que não haveria mais volta.
Contou à seu pai, e pensando no pior, começou a chorar. Mas a reação dele foi totalmente oposta a sua mãe, ele aceitou sem problemas.
Depois de brigas constantes com sua mãe durante alguns anos, ela decide mudar-se para São Francisco e cursar Biologia Marinha na faculdade. Sem muito dinheiro, Maitê decide dividir quarto em um pequeno apartamento alugado por ela e Daniela, sua colega de faculdade. Durante esse tempo, um sentimento de amor surgia e aos poucos e era alimentado por ambas. Após alguns anos de relacionamento, com o término da faculdade, Maitê decide perdoar sua mãe e voltar para casa com Daniela, sua noiva.
Chegando lá, ela recebe uma grave notícia: Sua mãe estava no hospital, devido ao Alzheimer, que já estava em um estado avançado. Esquecendo assim o detalhe mais importante da vida de sua filha: Sua sexualidade...



CRIADO POR CAIO BRONESCHEKI, MONIQUE SOMBRIO E CHELSEA CAMPO.

Chelsea Monique

Mensagens : 1
Data de inscrição : 21/09/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum